Um Dedo de Prosa
  • Boca Santa
  • Quarta IPI Sorocaba
  • O Contador de Estórias
  • Um Dedo de Prosa
  • Mais de Cristo
  • O Violeiro e o Cristão
    Eduardo Valente
    É dever do violeiro cantar a história e contar a canção, não importa o lugar, não importa o momento, não importa a canção.

    É dever do cristão proclamar a salvação, não importa o lugar, não importa o momento, só importa a razão.

    É dever de quem toca a viola aproveitar cada nota, experimentando-a como se fosse a primeira e saboreando-a como se fosse a última.

    É dever daquele que crê aproveitar cada pessoa, tratando-a como se fosse a primeira, convertendo-a como se fosse a última.

    É dever do violeiro manter-se de viola afinada, para que sua canção seja legítima e agradável.

    É dever do cristão manter-se em sintonia com Deus, para que sua mensagem seja legítima e agradável.

    É dever do violeiro entregar-se à canção e mostrar que o mundo inteiro não importa mais que aquilo.

    É dever do salvo por Cristo entregar-se a Ele, e que o mundo perceba isto...

    E eu, aprendiz de violeiro e de Jesus, tento fazer de minha vida uma canção, cujo tema seja um só, mesmo que as notas sejam várias... Uma canção cujo Autor e Intérprete seja meu Salvador Jesus.

    Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.