Prosa
  • Prosa
  • Verso
  • Contos
  • Textos
  • Cositas Más
  • Sugestões de Leitura
  • Filipe Lago e Vitor Riachinho Eduardo Valente, 26 de março de 2007 Porque irmãos se cuidam, feito os Filipes e os Vítores...
    A Alquimista de Homens Eduardo Valente, 08 de maio de 2006 Ela seria uma professora, se se conformasse com isto... Ou talvez, educadora...
    Mas Eloiza não é assim. Eloiza não se conforma. Eloiza transforma.
    Amigos... Eduardo Valente, 04 de janeiro de 2005 Amigos eu quero, não porque me aceitam incondicionalmente,
    Mas porque me conhecem
    E me avisam quando não estou sendo eu.
    Se esta rua fosse minha... Eduardo Valente, 24 de agosto de 2000 Se esta rua, se esta rua fosse minha, eu não mandava ladrilhar, não.
    O Mercador de Sonhos Eduardo Valente, 06 de julho de 2000 "Que caravelas bonitas, não ?"
    Eu levei um susto! Quem era este que invadia minha fantasia e compartilhava meus sonhos?
    Pesadelo De Uma Noite De Verão Eduardo Valente Tudo começa onde termina, assim dizem os sábios. Mas a verdade é que os sábios nunca tiveram um pesadelo como o que estou tendo:
    Outros Passos Eduardo Valente Vejo passos na areia: alguém passou por aqui.
    Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.